terça-feira, 5 de outubro de 2010

Me enganando

É assim que acordo feliz
Com a certeza de que irei te ver
E falar sobre coisas banais,
pra não te deixar perceber
Que queria mesmo era falar daquele amor que já declarei,
e depois arrependida, calei.
É assim que consigo sorrir,
vendo esse sorriso sincero
mesmo mentindo pra ti
ao dizer: "Não se preocupe, de ti nada espero."
É assim que consigo pensar
Quando olho pra ti e me atrevo a sonhar
com um futuro só nosso
mesmo no fundo sabendo que não posso.
Mas acredito, sonho, penso e quase omito.
Pra me proteger, me guardar me defender.
Porque é tanto que sinto que não dá pra esconder.
E assim eu sigo, feliz, sorrindo, pensando e contigo.
Contigo? Me enganando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário