terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Raquel Vargas "Mesmo sendo algumas palavras, guarde fundo no seu peito..."


Feche os olhos e saia
À procura daquela canção de amor
Pode ser que esteja escondida neste céu
Estique os braços mais uma vez
Não se esqueça de que eu
Estarei sempre ao seu lado
Mesmo quando ficar até o amanhecer sozinha, olhando as estrelas
Você só tem um coração, não deixe que ele se encha só de tristezas
Esses seus suspiros de solidão, eu os transformarei na brisa da primavera

Aquela ladeira onde o sol está batendo
Eu subirei de bicicleta
E levo junto as nossas lembranças já esquecidas.
Assobiando
E rosando os lábios
Da mesma cor de uma flor chamada felicidade que descobri junto a você

Se já esqueceu, abra a janela e deixe se espalhar o som dessa canção de amor
Talvez esteja escondido neste céu
Coloque as mãos pro alto mais uma vez
Não esquecerei de que você
Está sempre por perto a qualquer hora
Debaixo do céu estrelado ou quando uma lágrima está a escorrer no amanhã
Mesmo sendo apenas algumas palavras, guarde no fundo do seu peito
Pois por você, agora estou fazendo soprar a brisa da primavera

Aquela ladeira onde o sol está batendo
Eu subirei de bicicleta
E levo junto as promessas que havia feito a você
Assobiando
E rosando os lábios
Agradecendo pela felicidade de tê-la encontrado

Agradecendo pela felicidade
De tê-la encontrado

Nenhum comentário:

Postar um comentário